terça-feira, 1 de julho de 2014

Lições

Você foi a pior coisa que me aconteceu. Sim, e isso me faz perceber o qual afortunada eu sou!
 E das piores situações, vem as mais importantes lições que a vida ensina. E você com certeza foi a maior delas. Uma lição sobre frieza, sobre o quão calculista alguém consegue ser.
Eu não me arrependo das minhas atitudes em relação ao que senti. O meu arrependimento vem de me enganar e insistir por tanto tempo, de tentar atribuir a você características e qualidades que vc não tem e nunca vai ter. Sabe aquela pessoa boa e sensível, que eu disse tantas vezes q eu via dentro de vc? Ela não existe! Você NÃO é uma pessoa boa. Essa pessoa não era nd além de uma projeção minha... pq eu não queria aceitar que cometi um erro TAO grande no meu julgamento sobre alguém.
Errei feio com vc! Você é uma pessoa vazia e fraca. Que se cerca de gente mais fraca pra conseguir se sentir importante. Se vale da sua inteligência e grande capacidade de manipulação, pra ser o ‘líder’ dessas pessoas que te rodeiam. Gente que vc não respeita, gente que vc considera inferior. Não negue, você mesmo já me disse isso. Pessoas que vc mantém por perto pq o seu pai te ensinou q ‘podem trazer alguma vantagem no futuro’... Não consigo acreditar que um pai é capaz de passar um valor distorcido desses pra um filho... Inconcebível.
A sua capacidade de magoar repetidas vezes, sem o menor traço de remorso ou compaixão é impressionante. Vc não se importa com ninguém. Só vc!
Covarde!
Eu lamento profundamente o dia em que fomos apresentados. Lamento ter desperdiçado tanto sentimento bom com alguém como você. Saiba que a cada dia mais eu lamento que tenha existido um sentimento bonito em relação a vc. Sentimento que hoje transborda em mágoa e tristeza.

Continuo, assim como já disse antes, não te desejando nd de ruim. Continuo desejando que a vida te ensine, te mostre um dia e vc perceba a proporção das suas atitudes. Não te desejo nd de ruim, mas desejo e sei que assim como as leis da física (já que em Deus vc não acredita), que pra toda ação existe uma reação. Eu (que acredito e tenho fé) prefiro chamar isso de ‘aqui se faz, aqui se paga’. E vc vai pagar, cedo ou tarde a vida cobra suas dividas, não eu. Não quero se quer estar perto pra assistir. Não me importo com ‘eu já sabia/eu te avisei’. Eu só sei que as coisas são assim, e vc vai receber o que merece, e eu não vou precisar mover um dedo p/ que isso aconteça. 

Perder

Na vida a gente ganha e perde. Alguns mais, outros menos...
Até ai, td normal.
Difícil é se dar conta de que você perdeu pela segunda vez, e perdeu pros mesmos adversários.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Cansei

"Cansei. Hoje eu queria abrir a porta da rua do meu corpo e ir embora. Assim, sem mala, sem cuia, sem nada. Sem olhar pra trás, batendo com as solas dos sapatos para não levar nem poeira. 

Hoje eu não queria mais a minha história, nem as minhas meias verdades, as mentiras inteiras, as dolorosas fantasias e os sonhos não realizados. Hoje eu queria dormir na estrada e acordar na chegada. Chegada numa morada nova, onde haja, sobretudo, felicidade.

Queria estar num lugar onde ser eu não pese meus ombros. Onde ter vontades não custe lágrimas. Onde acreditar não seja moeda de troca pro meu coração. Hoje eu queria dormir e acordar um eu inteiro. Sem precisar de metade. Cheio. Redondo. Completo. Tchau." (Matheus Rocha)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Quando um não quer, dois não podem ser felizes!!!

Para quem está de fora, é bem mais fácil perceber quando alguém está insistindo numa história que, muito provavelmente, não tem futuro. Mas para quem está envolvido diretamente nesta tal história, tentando simplesmente ser feliz no amor, parece que sempre vale a pena tentar mais uma vez. 

Afinal, quase sempre o outro dá alguns sinais. Em geral, não são exatamente sinais verdes, mas amarelos, com certeza. Ou seja, deixa brechas que fazem com que a pessoa se encha de esperança, crie expectativas e fortaleça a ideia de que, quem sabe, talvez, se persistir mais um pouquinho, dê certo e engatem um encontro de verdade.

Acontece que, entre uma esperança e outra, sempre vêm duas ou três frustrações, mais furos, mais desencontros, menos sintonia. E assim segue o ritmo desgastante e doloroso que só não vê quem não quer: quando um não está disponível, dois não podem viver uma história de amor!

Se você se identifica com algo parecido, se tem se sentido derrapando na estrada que acredita que te levará ao encontro da tão desejada felicidade, lembre-se do sábio dito popular: “para um bom entendedor, meia palavra basta”. Isto é, pare de dar “murro em ponta de faca”, reveja suas escolhas, olhe para a realidade tal qual ela se mostra e pare de viver de ilusões seguidas de desastrosas desilusões! Você merece bem mais do que isso, mas só vai viver, de fato, algo que realmente te faça crescer e se sentir feliz quando acreditar nesta possibilidade e acender, você mesmo, todos os sinais vermelhos para esta história morna, sem intensidade, sem profundidade e sem coração na qual você vem insistindo em investir.

Em primeiro lugar, perdoe tudo isso, todo o seu passado e todo o seu presente. Compreenda que todos nós erramos para, então, finalmente, acertar! Agora, convicto do que quer, talvez você se dê conta de que a pessoa que está procurando, a que você realmente quer encontrar, não é esta com quem vem lutando e se machucando há tempos. A que você realmente merece encontrar é aquela que estará tão envolvida quanto você. Sim, isso mesmo, você precisa de um novo amor, mas não de um amor que só existe no seu mundo ou nas suas expectativas vazias. A partir de hoje, portanto, vai investir na busca ou mesmo na espera (consciente e equilibrada) de um amor recíproco, intenso, inteiro, entregue, que esteja tão disposto quanto você a experimentar todos os sentimentos e a superar qualquer dificuldade.

Um relacionamento que lhe renda sonhos realizados, desejos vivenciados e uma história consistente entre duas pessoas que reconhecem que vale a pena insistir, sim, num amor, desde que os dois corações estejam seguindo o mesmo caminho, na mesma direção. E assim, quem sabe, você nunca mais se deixe consumir numa insistência masoquista, esvaziada de qualquer criatividade ou reciprocidade... Isto é amar e ser livre. Amar e ser feliz!"

- Rosana Braga

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

orgulho...


Tenho...
Caráter.
Família.
Amigos.
Saúde.
Emprego.
Planos.
Mas, emocionalmente falando, acabei me tornando o que eu mais temia.
Uma versão patética de mim mesma.

*


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Pessoas

"O melhor de ter seu coração machucado e lutar para colocar cada coisa de volta no seu lugar, é aprender. Aprender em quem confiar. Aprender em quem se pode confiar, por mais que ainda erremos tantas outras vezes. Cada erro, uma lição, pelo menos hoje, depois de não conseguir mais chorar por aqueles amores, aprendi.

A verdade é que vão existir centenas de pessoas querendo te querer bem. Centenas de aproveitadores, de vazios de coração, de corações cheios de segundas intenções, de interesseiros, de forasteiros, de príncipes, princesas, bruxas, sapos, rãs, lobos, raposas, mocinhos, vilões, pessoas com os corações cheios de buracos achando que você é estepe. E você só precisa escolher uma. Você só precisa escolher aquela pessoa." (Matheus Rocha) 

PS - E torcer para 'aquela' pessoas te escolher também.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Cansada...

Cansada de ter q abrir mão de cosias que me fazem bem,
pq na verdade, elas são apenas ilusões.
Cansada de virar as costas e ir embora,
pq o que eu quero é ficar.
Cansada de me sentir indigna,
pq eu mereço mto mais.
Exausta.